Image for post
Image for post

Mergulho em choros constantes enquanto a felicidade distante ainda se despede de mim. Prefiro relembrar seus instantes, palavreados ornados e cortantes que nunca me disseram sim. Melhor imitar céu de outono, chover despencando folhas, correr para debaixo da cama, detonar dezenas de bombas, maltratar antigos fantasmas, deletar minhas tristes sombras. Depois, delirar alguns sonhos, morrer empalando meus poros pra quem sabe renascer refletido numa lágrima que brilhe na esquina dos seus olhos.

Written by

Get the Medium app

A button that says 'Download on the App Store', and if clicked it will lead you to the iOS App store
A button that says 'Get it on, Google Play', and if clicked it will lead you to the Google Play store