Image for post
Image for post

Eu queria conseguir escrever-te uma carta de verdade. Eu queria conseguir falar sobre a eternidade que sinto em seus movimentos. Da velocidade da fita quando você começa a andar. Da felicidade da sina de te ver em qualquer lugar. Eu queria poder conseguir escrever a respeito do sentimento que toca a minha pele. Que me engole e me ferve. Que me cospe e me bebe. Que me foge e me apetece. Que me sacode, me estremece, me tira do chão e me joga pra cima. Eu queria diminuir a velocidade do tempo quando o seu corpo se aproxima.

Written by

Get the Medium app

A button that says 'Download on the App Store', and if clicked it will lead you to the iOS App store
A button that says 'Get it on, Google Play', and if clicked it will lead you to the Google Play store